AterroZero

Aterro Zero

A Fiat Automóveis foi a primeira fábrica do setor automotivo do país a destinar 100% dos resíduos que gera para a reciclagem e a reutilização, eliminando o envio para aterros. A meta foi alcançada em 2011 como resultado do projeto Aterro Zero, que faz parte da política ambiental da empresa, focada na prevenção dos impactos, uso racional dos recursos naturais, investimento em tecnologias e treinamento contínuo dos empregados.

Para que a meta do Aterro Zero seja diariamente alcançada, todos os empregados participam com ações fundamentadas na hierarquia da pirâmide dos 5Rs: Recuse, Reduza, Reutilize, Recicle e Recupere. Por meio dos 5Rs, a Fiat busca, primeiramente, eliminar e reduzir a geração de resíduos nos processos e termina por reaproveitar, reciclar e recuperar os materiais.

O trabalho da equipe ambiental da Fiat também é intenso na análise dos resíduos e no desenvolvimento de estudos para ampliar, cada vez, os índices de reciclagem e reaproveitamento. Na busca por soluções inovadoras, fomos pioneiros no setor na implantação de um sistema para a reciclagem de isopor, que reduz em 50 vezes o volume do material.

Na Ilha Ecológica, o isopor é processado e transformado em matéria-prima para produção de materiais plásticos, como canetas e capas de CDs. Como resultado dessa tecnologia, a Fiat deixou de fazer cerca de nove mil viagens de caminhão para a destinação e tratamento correto desse resíduo, desde 1998.

Uma das diversas formas que a Fiat utiliza para reaproveitar materiais também está diretamente ligada à preocupação com o bem-estar e o desenvolvimento econômico da comunidade do entorno da fábrica. Alguns materiais, como fivelas, calotas e aparas de cinto de segurança, são enviados para a Cooperárvore, cooperativa social que faz parte do programa Árvore da Vida – Jardim Teresópolis.