logo-fiat-620x260

FIAT COMPLETA 38 ANOS NO BRASIL, DE OLHO NO FUTURO

[Institucional]

09/07/2014

A Fiat Automóveis completa nesta quarta-feira, 9 de julho, 38 anos de atividades no Brasil. Marca líder no competitivo mercado nacional de automóveis e comerciais leves pelo décimo segundo ano, a empresa conquistou a preferência dos brasileiros com uma gama de produtos diversificada e inovadora, além de oferecer serviços eficientes e de qualidade.

“A marca está forte, modernizada e apostando na inovação para seguir na liderança. Vamos continuar apoiando o desenvolvimento do País por meio de produtos de qualidade e de investimentos produtivos”, afirma Cledorvino Belini, presidente da Fiat Chrysler para a América Latina.

A companhia está em meio ao maior ciclo de expansão em suas operações no Brasil, com investimentos de R$ 15 bilhões entre 2013 e 2016 na modernização da fábrica da Fiat em Betim (MG), na construção da nova planta do Grupo Fiat Chrysler em Goiana (PE), no desenvolvimento de novos produtos, no aperfeiçoamento de processos, em sistemas e em recursos humanos. A planta de Betim passará a contar com uma das maiores cabines de pintura do mundo, sistemas automatizados de movimentação e logística interna e estará ainda mais preparada para projetar, desenvolver e produzir veículos modernos e inovadores, que atendam às novas exigências do consumidor.

Esses investimentos reforçam o pioneirismo e o compromisso da Fiat com o Brasil. A empresa foi a primeira fábrica de automóveis a instalar-se fora do cinturão industrial de São Paulo. Optou por Betim como sede de suas operações, mudando definitivamente o perfil econômico da região. Minas Gerais, que se destacava como produtor de ferro e aço, passou a contar também com uma indústria metalmecânica forte.

A fábrica iniciou a produção em 9 de julho de 1976, produzindo o Fiat 147 e com capacidade instalada de 200 mil unidades ao ano. Hoje, a fábrica de Betim é a maior unidade de produção de veículos do grupo Fiat Chrysler no mundo e se destaca por sua complexidade e flexibilidade. Conta com todos os processos de fabricação: prensas, funilaria, pintura e montagem. A planta de Betim também fabrica suspensões, motores e transmissões. Implantada em um terreno de 2,25 milhões de metros quadrados, tem área construída de  829,7 mil metros quadrados. É uma pequena cidade, na qual circulam diariamente aproximadamente 30 mil pessoas, entre empregados diretos, indiretos e fornecedores.

Hoje, a fábrica produz mais de 3 mil veículos por dia, o que significa um carro a cada 20 segundos ou 800 mil unidades por ano. Atualmente, a gama de produtos da Fiat é composta por 18 modelos. Entre os mais recentes sucessos de mercado estão o Novo Uno, a picape Strada Cabine Dupla, o Novo Palio e o Grand Siena, além da sofisticação do sedan Linea. Os modelos Fiat são vendidos em mais de 600 concessionárias e pontos de vendas em todo o Brasil.

 

Sustentabilidade

Nesses 38 anos de Brasil, a Fiat incorporou ao seu planejamento estratégico as bases do modelo sustentável de negócios, considerando em suas decisões os impactos socioambientais ao longo de toda a cadeia produtiva – da extração da matéria-prima até a fabricação dos produtos, comercialização, uso e descarte.

A fábrica de Betim segue, desde 1990, os princípios do Sistema de Gestão Ambiental (SGA), que resultou em um processo produtivo de menor impacto ambiental. O consumo de energia por carro é hoje 55% menor; o de água, 68%; e a geração de resíduos caiu 51%. A unidade foi a primeira do setor a receber certificação segundo a norma NBR ISO 14001, em 1997. Atualmente, 99% da água é reutilizada, o que praticamente eliminou a necessidade de captação do recurso na rede pública para uso industrial. A Ilha Ecológica funciona como um centro de reciclagem de materiais, que dá a correta destinação a todos os resíduos da produção.

A Fiat foi a primeira produtora de automóveis do Brasil a conquistar a certificação ISO 50001, de gestão de energia. Para tanto, a empresa investiu mais de R$ 30 milhões, em cinco anos, na disseminação de tecnologias e práticas para a melhoria do desempenho em todas as etapas do processo de produção. A energia que deixou de ser consumida na fábrica de Betim seria suficiente para abastecer uma cidade de 80 mil habitantes durante um ano.

A preocupação com o meio ambiente se reflete também nos produtos, com veículos cada vez mais eficientes no consumo de combustíveis e com menor quantidade de emissão ao longo de sua vida útil. Um exemplo é motor flexfuel, presente em 97,5% dos veículos da marca vendidos no País. Além disso, os carros são concebidos já pensando em sua desmontagem ao final de seu uso, sem a utilização de metais pesados e com partes recicláveis.

A empresa também cuida do bem-estar de seus funcionários. Seu Sistema de Gestão de Saúde e Segurança no Trabalho é certificado desde 2011 pela OSHAS 18001, norma internacional que orienta e avalia a aplicação de melhores práticas nessa área. Além de proporcionar um bom ambiente para execução das mais diferentes tarefas, a empresa investe na conscientização dos funcionários por meio de treinamentos teóricos e práticos.

Para além de seus muros, a Fiat também contribui para o desenvolvimento das comunidades nas quais está inserida. Neste ano, a empresa também comemora 10 anos de criação do Programa Árvore da Vida, que já beneficiou mais de 20 mil pessoas dos bairros localizados ao redor da fábrica em Betim.

“Temos feito todo esse esforço e investimento porque acreditamos que o Brasil tem grande potencial econômico e grandes desafios a superar. Esses desafios podem proporcionar grandes oportunidades para todos e nós queremos continuar contribuindo para o desenvolvimento do País ainda por décadas e décadas”, conclui Belini.