file

FCA REGISTRA RESULTADOS RECORDES EM 2016

[Institucional]

26/01/2017

Apesar da retração do mercad brasileiro,operação do grupo na América Latina registrou EBIT ajustado de € 5 milhões em 2016

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) registrou resultados financeiros recordes em 2016. O EBIT ajustado aumentou 26%, para mais de € 6 bilhões, com todos os segmentos rentáveis e melhorando na comparação com o ano anterior. A receita líquida de € 111 bilhões veio em linha com o número de 2015. O lucro líquido ajustado cresceu 47% para € 2,5 bilhões. O lucro líquido (sem o ajuste) foi de € 1,8 bilhão, aumento significativo na comparação com os € 93 milhões de 2015. A dívida industrial líquida em 2016 foi de € 4,6 bilhões, € 500 milhões a mais do que no ano anterior.

Em 2016, a FCA registrou vendas globais de 4,72 milhões de unidades, em linha com o ano anterior. As vendas da Jeep subiram 9%, para 1,42 milhão de unidades. O market share do grupo na Europa aumentou para 6,5%. A empresa continuou o líder no Brasil com 18,4% do mercado e manteve a participação nos Estados Unidos com 12,6%.

A operação da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) na América Latina registrou um EBIT ajustado de € 5 milhões em 2016, em comparação com o prejuízo de € 87 milhões de 2015. Esse crescimento foi obtido com um mix de veículos mais favorável, principalmente com os lançamentos do Fiat Toro e Jeep Compass, e redução nos custos de vendas, gerais e administrativos, a partir das iniciativas para adequar a operação ao volume do mercado, que foram parcialmente ofuscados por vendas menores e custos maiores de produção puxados por inflação e novos produtos.

Para 2017, a FCA estabeleceu os seguintes guidances globais:

·         Receita liquida entre € 115  bilhões e € 120 bilhões;

·         EBIT ajustado superior a € 7 bilhões;

·         Lucro líquido maior que € 3 bilhões;

·         Endividamento industrial líquido menor que € 2,5 bilhões.

Para ver o press release completo (em inglês) clique aqui.