logo-fiat-620x260

FCA É A EMPRESA DO ANO DO PRÊMIO ABERJE 2015

[Institucional]

27/11/2015

A FCA – Fiat Chrysler Automobiles foi eleita Empresa do Ano pela Aberje – Associação Brasileira de Comunicação Empresarial, por seu desempenho na área de Comunicação Corporativa em 2015. Esta é a principal categoria do Prêmio Aberje, entregue na noite de quinta-feira (27/11), em São Paulo, e que reconhece as melhores práticas em comunicação empresarial no Brasil. A empresa se destacou por suas iniciativas de comunicação para consolidação do grupo, pela inauguração do Polo Automotivo Jeep em Pernambuco, pelas ações de relacionamento com a sociedade, pela comunicação de projetos culturais e pelo relançamento da marca Jeep no Brasil, entre outras.

A FCA também conquistou o Prêmio Aberje em três outras categorias: Comunicação e Organização de Evento, com a Inauguração do Polo Automotivo Jeep de Pernambuco; Comunicação e Relacionamento com a Sociedade, com o case Árvore da Vida 10 + 10; e Comunicação de Programas, Projetos e Ações Culturais, com projeto da Casa Fiat de Cultura. 

O diretor de Comunicação e Sustentabilidade da FCA para a América Latina, Marco Antônio Lage, comentou a importância dos prêmios. “Ser destacada como empresa do ano é uma grande honra para toda a equipe da FCA, principalmente considerando a importância da Aberje como centro de elaboração e disseminação de teorias e práticas de comunicação empresarial”, afirmou Lage. “Este foi um ano de importantes marcos históricos para a FCA, que exigiram um enorme esforço de comunicação”, acrescentou o diretor. 

Em sua 41º edição, o Prêmio Aberje é considerado o principal reconhecimento de comunicação corporativa no Brasil, segundo pesquisa realizada com diretores das principais empresas do país. Seu objetivo é destacar e compartilhar as melhores experiências em comunicação empresarial do país, de forma a contribuir para o desenvolvimento dessa atividade e seu posicionamento estratégico nas organizações.

Ao todo, foram inscritos no Prêmio Aberje cerca de 220 cases, de 126 empresas, divididos em 18 categorias. Os projetos vencedores passaram por quatro fases: triagem, premiação regional, audiência pública nacional e cerimônia final. Os cases vencedores são escolhidos por uma comissão julgadora formada por 200 profissionais de notório conhecimento em comunicação organizacional.

A organização do prêmio está a cargo da Aberje – Associação Brasileira de Comunicação Empresarial, fundada em 1967. Trata-se de uma organização profissional e científica sem fins lucrativos que tem como principal objetivo a discussão e promoção da comunicação corporativa e organizacional para a gestão estratégica das organizações e para o fortalecimento da cidadania. Seus pilares de atuação são Educação, Gestão do Conhecimento, Reconhecimento, Relacionamento, Economia Criativa, Inteligência Comunicacional e Advocacy. 

Sobre a FCA

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA), o sétimo maior fabricante mundial de automóveis, desenvolve, projeta, fabrica e vende automóveis, veículos comerciais leves, componentes e sistemas de produção. Tem unidades produtivas em 40 países e presença comercial em aproximadamente 150 países. As marcas do Grupo são: Abarth, Alfa Romeo, Chrysler, Dodge, Fiat, Fiat Professional, Jeep, Lancia, Ram, SRT, Ferrari e Maserati, além de Mopar (peças e serviços). Os negócios da FCA também incluem a Comau (sistemas de produção), Magneti Marelli (componentes) e Teksid (fundição em ferro e alumínio). O Grupo provê ainda serviços financeiros em apoio ao varejo e concessionárias por meio de suas subsidiárias, joint ventures e acordos comerciais com empresas especializadas.

A FCA é líder em vendas no mercado de automóveis e veículos comerciais leves no Brasil. O país é o segundo maior mercado do grupo no mundo, depois dos Estados Unidos. As fábricas aqui instaladas são: Fiat, Jeep, Magneti Marelli e Teksid. São 19 plantas industriais, cinco centros de P&D, 42 mil empregados e uma receita de R$ 35 bilhões em 2014. O grupo está em meio a um grande ciclo de investimentos no Brasil, que soma R$ 15 bilhões entre 2013 e 2016.