logo-fiat-620x260

ESTUDANTES RECEBEM PRÊMIO DE EDUCAÇÃO FCA E CNH INDUSTRIAL

[Institucional]

03/12/2014

Guilherme Augusto Kuhnen, 17 anos, terminou a última prova do vestibular e foi direto para o aeroporto, na companhia do pai. A viagem de Curitiba para Belo Horizonte foi um sonho realizado. O jovem foi um dos 130 vencedores da 18ª edição do Prêmio de Educação Fiat Chrysler Automobiles (FCA) e CNH Industrial. A cerimônia aconteceu nesta terça-feira (2), na capital mineira, com a entrega de 100 prêmios de R$ 4 mil para os estudantes que se destacaram com as melhores notas no Ensino Médio e 30 prêmios de R$ 8 mil na categoria Ensino Superior.

“Meu irmão venceu no Ensino Médio e depois no Ensino Superior. Vê-lo ganhar foi um incentivo para me dedicar mais nos estudos e vencer também”, conta Guilherme, que finalizou no ano passado o Ensino Médio e está tentando uma vaga no curso de Engenharia Mecânica. Filho de Agostinho Kuhnen que trabalha há quase 40 anos na CNH Industrial Curitiba, ele já está de olho no próximo desafio: “Quero voltar para ganhar o prêmio como formando do Ensino Superior”.

O Prêmio de Educação foi criado em 1997 com o objetivo de estimular o desempenho escolar dos filhos dos empregados da FCA e da CNH Industrial. Desde sua primeira edição, mais de dois mil estudantes já foram beneficiados. O valor total em prêmios já passa de R$ 6 milhões. Para a seleção dos alunos, uma comissão avaliou os históricos escolares e calculou a nota média obtida ao longo dos cursos.

Presentes na plateia, os pais acompanharam atentos os passos dos filhos. Para Adonias Vasconcelos, empregado da Comau há 16 anos, o papel dos pais é fundamental na trajetória escolar da família. “Temos que dar o exemplo dentro de casa. Aprender com seriedade exige disciplina, foco e determinação. Esse é o segredo”, ressalta Adonias que, recentemente, voltou ao banco escolar para fazer MBA em Gestão de Projetos. Das três filhas, duas subiram ao palco como vencedoras da 18ª edição. “Amália conclui no ano passado o curso de Tecnologia da Informação e já está fazendo mestrado. Amanda terminou o Ensino Médio e está fazendo Engenharia Civil”, conta orgulhoso.

Yasmin Umbelino de Paula, 24 anos, já decidiu o que vai fazer com o dinheiro. O cheque de R$ 8 mil será usado nos custos de uma viagem para Europa. A jovem concluiu em 2013 o curso de Licenciatura em Música. “O Prêmio de Educação é o reconhecimento de nosso esforço e um estímulo para continuarmos a valorizar a educação para melhorar nosso futuro”, destaca Yasmin, que participou da premiação pela primeira vez em 2009 quando foi uma das vencedoras na categoria Ensino Médio. Filha de Edmar Mauro de Paula, empregado da Teksid há 30 anos, ela foi a oradora que representou os alunos vencedores do Ensino Superior.

Com o diploma de Arquitetura em mãos e já aprovada em um concurso público na área, Marcela Cotta também vê no Prêmio de Educação a motivação para continuar a caminhada. “A premiação nos faz olhar pra trás e termos a certeza de que valeu a pena todo o nosso esforço, mas também nos faz projetar o futuro e nos impulsiona a seguir em frente”, afirma a arquiteta, filha do engenheiro e gerente da Fiat Automóveis, Robson Cotta.

Chave para o desenvolvimento da sociedade, a educação é um compromisso dos grupos FCA e CNH Industrial. “O princípio básico da educação é assegurar às crianças e jovens uma formação para o exercício da cidadania. Acreditamos e apostamos na educação como forma motriz da mudança do Brasil”, afirma o presidente da FCA para a América Latina, Cledorvino Belini. "Está inserido em nosso DNA como um valor que deverá se perpetuar para sempre em nossa história", completa Vilmar Fistarol, presidente da CNH Industrial para a América Latina.

Considerado um dos mais bem sucedidos programas de incentivo à educação no Brasil, o Prêmio de Educação é realizado em todas as cidades onde há empresas da FCA e da CNH Industrial: Belo Horizonte, Contagem, Betim, Lavras, Nova Lima (MG), Curitiba (PR), Amparo, Hortolândia, Mauá, Piracicaba, Santo André e São Bernardo (SP).